A Geração Identitária: Uma Declaração de Guerra Contra a Geração de 68

A Geração Identitária: Uma Declaração de Guerra Contra a Geração de 68

by Markus Willinger

Paperback

$11.00
Choose Expedited Shipping at checkout for delivery by Tuesday, December 7

Overview

A negação do direito dos povos europeus à sua própria herança, história e até mesmo às suas pátrias físicas tornou-se parte do fundamento cultural do Ocidente moderno. A imigração em massa, uma propaganda selectiva e vilipendiante e um constante bombardeamento da perversa, ou melhor dizendo, fútil, cultura do consumismo, contribuem para a transformação da Europa em uma não-entidade. A sua população nativa consiste principalmente de indivíduos atomizados, sem qualquer propósito ou direção, cada vez mais vítima de um sistema político sem interesse nas pessoas que governa. Muitas opiniões existem acerca de como chegamos a este ponto, mas a revolta do Maio de 1968 foi certamente de singular importância na criação da situação apolítica e autodestrutiva em que a Europa pós-moderna se encontra hoje.


Este, porém, não é um livro de história. Não coloca o seu enfoque tanto em relatar como tudo isto foi possível, mas sim no que pode e deve ser feito e, directo ao ponto, quem vai fazê-lo. Depois da traição das pseudo-elites políticas, jornalísticas e académicas e da complacência de toda uma geração de europeus que o permitiram, recai sobre os jovens — as primeiras vítimas do descarrilamento da sociedade ocidental – a obrigação de mudar de rumo.


Em A Geração Identitária, o activista Markus Willinger apresenta a sua visão da ideologia do emergente movimento identitário em 41 breves e incisivos capítulos. Willinger expõe uma imagem cristalina do que correu mal e aponta a direcção na qual devemos procurar as nossas soluções. Movendo-se perfeitamente entre as esferas da política radical e da filosofia existencial, A Geração Identitária explica de forma sucinta e poética o que os jovens europeus devem dizer — ou deveriam dizer — aos corruptos representantes das decrépitas estruturas sociais que dominam o nosso continente.


Isto não é um manifesto, é uma declaração de guerra.



Related collections and offers

Product Details

ISBN-13: 9781912079629
Publisher: Arktos Media Ltd
Publication date: 01/11/2017
Pages: 112
Product dimensions: 5.50(w) x 8.50(h) x 0.27(d)

About the Author

Markus Willinger nasceu em 1992 e cresceu em Schärding am Inn, Áustria. Ele está politicamente activo na Direita alternativa desde os seus quinze anos e é actualmente estudante de História e Ciência Política na Universidade de Estugarda.

Table of Contents

Introdução por Philippe Vardon: A Linha da Frente
Nota do Editor
Prefácio
1. A Geração Identitária
2. Da Solidão
3. Da Religião
4. Da Política
5. Da Vida Familiar Idílica
6. Dos Sexos
7. Dos nascituros
8. Da Economia
9. Do Pensamento Crítico
10. Da Ecologia
11. Da sociedade Multicultural
12. Do Universalismo
13. Da Democracia
14. Da Diversidade
15. Do Nacional-Socialismo
16. Do Fim do Mundo
17. Dos Assuntos Externos
18. Da União Europeia
19. Da Morte
20. Da Sexualidade
21. Do Racismo
22. Do Ano Novo
23. Do Declínio e Queda do Império Romano
24. Do Islão
25. Do Corpo e Mente
26. Da Liberdade
27. Do Etnopluralismo
28. Da Responsibilidade
29. Do Mundo Globalizado
30. Do Escapismo
31. Do Espírito da Época
32. Da demanda pela Identidade
33. Do Serviço Militar Obrigatório
34. Da Integração
35. De um Mundo Sem Identidades
36. Do Conflito no Médio Oriente
37. Da Arte
38. Aurea aetas: A Idade de Ouro
39. A Nossa Decisão
40. As Nossas Armas
41. A Declaração de Guerra

Customer Reviews