Criminalidade No Brasil: Um Desafio Humanista

Criminalidade No Brasil: Um Desafio Humanista

by Juliano Mattos

Paperback

$5.50
Choose Expedited Shipping at checkout for guaranteed delivery by Thursday, October 24

Overview

O problema da criminalidade é um dos grandes desafios da sociedade brasileira e os tremendos fracassos sucessivos apontam para a necessidade de um novo paradigma que reoriente as políticas de segurança pública, os métodos punitivos e invariavelmente as questões de distribuição de renda. Perante um flagelo crônico arraigado à complexidade da realidade brasileira, é urgente que haja um amplo entendimento sobre as origens da criminalidade e sobre as formas de a combater dentro do Estado de Direito, preservando conquistas fundamentais estruturadas ao longo de décadas de desenvolvimento ético e moral. O desafio mostra-se ainda maior em função da existência de um ambiente tenso em que figuras com influência política conseguem incutir na mente dos cidadãos ideais demagogos que se difundem com o apelo à barbárie do justiceirismo popular violento. A cultura de vingança difundida com mensagens de ódio tem intoxicado o debate e impedido uma participação popular equilibrada e empenhada na mitigação de um problema que faz sangrar um país politicamente rachado. No meio de tanta cacofonia inconsequente e tanta confusão de interesses políticos e ideológicos, é necessário fazerem-se ouvir as vozes que propõem ideias alternativas à barbárie e que tentem encontrar um caminho para a resolução de uma situação que assume todos os contornos de crise humanitária. Esta obra tenta contribuir como um ponto de partida para a abordagem racional do problema, reforçando a necessidade de assegurar os direitos humanos.

Product Details

ISBN-13: 9781542601160
Publisher: CreateSpace Publishing
Publication date: 01/17/2017
Pages: 72
Product dimensions: 5.98(w) x 9.02(h) x 0.15(d)

About the Author

Nascido em São Paulo em 1982, aos cinco anos mudou-se com sua família para São Cristóvão (SE) e em seguida para Aracaju, onde viveria até 2001, quando entrou num avião para cruzar o Atlântico, pousando na Europa, e nunca mais regressar. Começou em Portugal, passou por Madrid, até que por fim desvendou todo o continente. Viveu em Praga por várias vezes e a última aventura foi na Polônia, em busca da sua não-essência. Formado em Geografia e pós-graduado em Sistemas de Informação Geográfica, rendeu-se à vida multicultural e desregrada em 2011 durante um intercâmbio acadêmico na cidade de Kafka. A partir de então, o mundo liquidificou-se-lhe, provocando nele uma desesperada necessidade de buscar o seu sentido. Estudou artes, tornou-se fotógrafo, teve projetos musicais, ensinou espanhol e português, fez traduções, foi recepcionista, participou de ativismo político, fez tour europeia raptado por uma banda de hardcore, foi quase um sem-abrigo, embriagou-se na vida boêmia e se tornou escritor. Além da poesia, dedica-se também a escrever ensaios sociológicos e políticos. Seu foco tem sido o desenvolvimento de exercícios filosóficos sobre o estado físico da matéria, tendo utilizado o termo imediatismo mágico para designar este mundo que se nos escorre pelos dedos.

Customer Reviews

Most Helpful Customer Reviews

See All Customer Reviews